Vem quicando, Santo Antônio (ou: pensamentos aleatórios sobre o dia dos namorados)

Pra uma pessoa que em 26 anos nunca teve um dia dos namorados especial, seja por estar solteira, seja por estar namorando à distância ou brigada com o respectivo, devo dizer que a comemoração tá bem longe da lista das favoritas, perdendo inclusive pras menos celebradas Tiradentes e Corpus Christi (que não são convertidas em presentes, mas trazem feriados delícia). Aliás, dia dos namorados só não vai junto com o Dia da Árvore pra lista dos completamente irrelevantes porque a) em todo canto tem alguém te lembrando que é dia dos namorados (lado ruim) b) Pode ser que ao longo da vida eu entre no bonde das comemorantes e passe linda e faceira esfregando meu buquê de flor na cara da sociedade (lado bom).

Não que eu discorde do papo clichê de ser uma data comercial meio vazia (porque é), nem que não possa usar o momento pra analisar como a sociedade dá valor ao fato de você (você mulher, claro!) ter alguém pra chamar de ~seu~ (se não tiver é coitada, é encalhada, foi piriguete o ano todo e agora não pode querer encontrar seu príncipe, já que é rodada), porque posso- e já fiz, aliás, discutindo cazamiga o motivo de ser tão supostamente degradante não ter a presença de um homem te querendo- como namorada, né…querer só pegar não conta. Essas questões estão sempre em voga aí, nessa selva louca de pensamentos que é meu cérebro (bêjo, Lorelai!). Só que além disso tudo, eu sou uma puta duma Polliana, que quer acreditar que mesmo no meio das comemorações falsas de facebook (declaração de amor apesar de ter traído a namorada pouco tempo antes…estamos de olho, hein?), mesmo com o comodismo e a intolerância, mesmo com a falsidade e os muros altos, bem altos, ainda há uma esperança. Não de me adequar, nem de ser validada, nem de encontrar qualquer tipo de sentido que eu seja incapaz de conseguir sozinha, nada disso…mas a certeza de que a próxima vez que eu comemorar (não necessariamente na data que “mandam”), vai ser com toda a leveza, companheirismo, confiança e todo o combo que eu decidi que eu quero! E como sei que muita gente já encontrou, o meu desejo com todo carinho e sem nenhum recalque (eu juro!): Feliz dia dos namorados! =)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s